Como a nuvem pode ajudar os nossos centros de computação a se tornarem mais eficientes?

Há muita conversa sobre a computação em nuvem hoje e o fornecimento de fornecedores está se tornando mais extenso, mas como você pode realmente ajudar nossas organizações a trazer nossos serviços para a nuvem? Qual nuvem para escolher? Que serviços oferecer? Como trazê-los? A computação em nuvem levará nosso trabalho? são algumas das questões que surgem ao começar a pensar em incorporar esses serviços em nossa estratégia.

Existem alguns exemplos claros de organizações que conseguiram encontrar formas de beneficiar deste tipo de serviços. Um dos exemplos mais claros para explicar é o dos portais de mídia. Normalmente, jornais ou portais têm sua própria infraestrutura já projetada para suportar a carga usual de visitas que recebem, mas o que acontece quando ocorre um evento transcendente, como a morte de um famoso ou o episódio de 11 de setembro? Muitas vezes, antes desses bombas, os portais de notícias colapsam pelo número de visitas que recebem no momento em que os usuários mais o usam, deixando uma imagem ruim.

Outro exemplo claro da contribuição da nuvem bem usada para as organizações é um dos eventos ou ótimas feiras. Um cliente não tem muito para projetar um aplicativo para a cobertura de uma feira de 3 dias, onde o número de participantes pode ser entre 5000 e 20.000 pessoas durante toda a exposição. Como planejar a infra-estrutura necessária para atender a demanda real da feira? Se usássemos uma estratégia tradicional, teríamos que contemplar e adquirir uma infra-estrutura capaz de suportar 20 mil pessoas acessando (o que seria uma despesa desnecessária e um desperdício de recursos) e, após os três dias do evento, encontrar um uso desta infra-estrutura. Verificando que esta estratégia claramente não era útil, a empresa organizadora buscava opções encontrando em um provedor de nuvem a solução. Eu montei o evento na nuvem, gastando apenas o que era necessário radicalmente menos do que adquirir uma infra-estrutura e ser capaz de cobrir a demanda que o evento deveria ter.

Como estes, existem milhares de exemplos e indústrias que incorporaram a computação em nuvem para suas estratégias de negócios. Nestes dois exemplos, vemos como a empresa pode encontrar benefícios na nuvem e TI para acompanhar as necessidades do negócio sem ter que fazer despesas desnecessárias. Mas como escolher qual nuvem usar e quais serviços são os que me servem? O conhecimento da organização pelo administrador de TI se tornará fundamental para o negócio e deixará de lado o papel atual em que o negócio é visto como simplesmente uma despesa. Então, se é assim, como preparar nossa infra-estrutura virtual para ter esse dinamismo? Primeiro, seria conveniente transformar nossa virtualização em uma nuvem privada, onde podemos entender melhor os serviços e demandas de nossos negócios. Uma vez que fizemos este passo, poderemos quantificar e saber melhor como trazer valor para a nossa organização, e então podemos começar a pensar em como reduzir custos ou melhorar a entrega de alguns serviços, apoiando a nuvem pública. Neste momento em que temos serviços em nossa nuvem e outros em alguma nuvem privada sob nosso controle, seremos os administradores felizes de uma nuvem híbrida. Você não precisa encontrar benefícios na nuvem pública movendo-se para esta instância, mas acho que é altamente recomendável.
Se alcançarmos esta fase de maturidade, podemos justificar melhor nossas decisões e entender melhor as necessidades do nosso negócio, conseguindo uma melhor gestão dos recursos. Finalmente vem a instância de escolher os componentes e aliados que apoiam nossa estratégia. Aqui é onde há três fatores que não devemos esquecer:

  • A escolha do hipervisor é o suporte principal de tudo e nossa interação com a nuvem será suportada ou limitada pela nossa escolha
  • Um orquestrador mais ou menos desenvolvido nos ajudará a atingir nosso objetivo
  • Compreenda e negocie um SLA de acordo com o que o nosso serviço ou as necessidades do negócio serão o que nos apoiará quando se trata de reivindicar o que pagamos.
  • Embora existam muitos mais coisas a ter em mente, espero que essas recomendações ajudem a começar a usar a nuvem e a entender melhor o que procurar no mundo das nuvens.

    Post Author: Andre Paris

    Deixe uma resposta

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.